1

Temos em Arquivo

Douro Generation e Macau estreitam relações

O vice presidente da Douro Generation, Hernâni Gouveia, participou no Encontro Económico e Comercial entre a China e Portugal, que decorreu no passado mês de Novembro. O responsável da associação de desenvolvimento local saiu deste encontro com sólidas expectativas em relação ao estreitamento das relações com o IPIM -Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau.

Este encontro resultou do trabalho desenvolvido no âmbito da missão a Macau, onde se estabeleceram as relações entre a Douro Generation - Associação de Desenvolvimento (DG-AdD) e as entidades institucionais e económicas de Macau.

O Encontro Económico e Comercial contou com a presença da Vice-Ministra do Comércio da China Gao Yan e do Secretário de Estado da Internacionalização de Portugal Eurico Brilhante na mesa redonda em que a Douro Generation se fez representar.

PUB

Anuncie no Notícias do Nordeste! Contacte-nos!
Consulte a tabela de preços 

O evento contou também com a participação dos representantes dos países lusófonos, do embaixador da China em Portugal, Cai Run, da executiva Olga Hung, do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), da Delegada Económica e Comercial de Macau em Lisboa, O Tin Lin. Participaram ainda com empresários chineses e lusófonos onde partilharam experiências e oportunidades de negócio.

Este encontro de Cooperação no Comércio, no Investimento e na Capacidade Produtiva no âmbito do “Fórum China – Países de Língua Portuguesa”, serviu também para a assinatura de vários protocolos e para o desenvolvimento do documento de base para o trabalho futuro entre a DG-AdD e o IPIMI.

Neste contexto, foram abordados temas relacionados com financimanto para PME’s que se querem internacionalizar no mercado da China; 2. O projeto “Uma faixa, uma rota”, em que se estabelecem relações entre dois ou mais países, para a execução de necessidades conjuntas. Bolsas de estudo e de desenvolvimento que a China está a promover no seio destas iniciativas. Em 2016, foram dadas 979 bolsas de estudo para a China.

Por outro lado, abordaram-se questões de âmbito económico e comercial, nomeadamente na área do agroalimentar, em especial vinho, na área do ambiente, novas tecnologias e infraestruturas e Turismo. Especial destaque para os setores agroalimentar e turismo, surgindo o vinho como produto chave nesta relação. Também os turistas chineses estarem cada vez mais a procurar o nosso país e as exportações de vinhos portugueses para a China, uma realidade que já superou a posição da Alemanha. Neste encontro abordou-se ainda o tema do "Fundo de Desenvolvimento da China para a África".

PUB

Anuncie no Notícias do Nordeste! Contacte-nos!
Consulte a tabela de preços 

O encontro permitiu perceber que a China tem interesse em aumentar a sua capacidade produtiva, por isso a aposta no intercâmbio cientifico e tecnológico, bem como no ensino. Existe um grande interesse em apostar na Economia Azul como ferramenta de melhoria da qualidade de vida na China e a nível global. Ficou ainda patente que há elevado interesse estratégico em áreas como a Logística, Infraestruturas portuárias, e Energia. A Banca, a Cultura e o Turismo são setores transversais que consideram de extrema importância.

Hernâni Gouveia, vice-presidente da Douro Generation referiu, concluindo, que "pode dizer-se que a cultura oriental baseia-se em 3 pilares fundamentais e que se deve respeitar .- Cultura, Natureza e Comercio - como base de uma sociedade prospera e feliz”. Não há dúvidas de que “a China está a recuperar esta ideia ancestral, sendo que ao nível comercial e económico encontra-se a fazê-lo em pleno, e quer reforçar esse trabalho ao nível das actividades culturais e ambientais, por iniciativas de partilha cultural e desenvolvimento turístico, e pelos projetos ambientais a nível local e global". Neste sentido, sublinhou Hernâni Gouveia que “a Douro Generation intervém a estes 3 níveis - Cultura, Ambiente e Economia, e por isso faz todo o sentido este trabalho de cooperação entre Macau e o Douro, entre a China e Portugal, entre o IPIM e a DG-AdD”.

Douro Generation e Macau estreitam relações Reviewed by Notícias do Nordeste on quinta-feira, dezembro 07, 2017 Rating: 5

Sem comentários:

O Notícias do Nordeste informa que os comentários são sempre da exclusiva responsabilidade dos seus autores, mesmo quando feitos sob a forma de anonimato. Este é um espaço público e de partilha de ideias e opiniões. Identifique-se com o seu nome verdadeiro, mas não forneça os seus dados pessoais como telefone ou morada, e por favor não utilize linguagem imprópria para veicular a sua opinião. Obrigado!
Informa-se ainda que todos os comentários ofensivos feitos sobre a forma de anonimato serão removidos pelos gestores do site.

Formulário de Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

Com tecnologia do Blogger.