1

Temos em Arquivo

BE questiona Governo sobre destruição causada por intempérie em vinhas do concelho de Alijó

O Bloco de Esquerda (BE) questionou o Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural relativamente à destruição devido a intempérie no Concelho de Alijó, através dos Deputados Pedro Soares e Carlos Matias.

BE questiona Governo sobre destruição causada por intempérie em vinhas do concelho de Alijó
O concelho de Alijó, mais concretamente a vila do Pinhão e as aldeias de Vilarinho de Cotas, Vale de Mendiz, Cotas e Castedo viveram no dia 28 de maio uma situação catastrófica devido à intensa queda de chuva, que afectou a actividade agrícola, causando imensos estragos em vinhas, queda de muros, deslizamentos de terras e inundações, sendo que o grau de destruição de algumas vinhas as tornou praticamente irrecuperáveis, segundo declarações de autarcas locais.

PUBLICIDADE

Anuncie no Notícias do Nordeste! Contacte-nos!
Consulte a tabela de preços 

O Município e a Protecção Civil foram, aparentemente, apanhados de surpresa. Porém, há cerca de dois anos, a vila do Pinhão foi atingida por uma intempérie similar que também provocou enormes prejuízos.

Atendendo ao sucedido e ao abrigo das disposições constitucionais, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda questionou o Governo, querendo saber se já existe uma avaliação dos estragos e prejuízos causados em explorações agrícolas pela intempérie na zona do Pinhão e de que forma irá o Governo apoiar os agricultores afetados e a reposição do potencial produtivo, nomeadamente no tratamento necessário da vinha e eventual reconstrução de muros.

BE questiona Governo sobre destruição causada por intempérie em vinhas do concelho de Alijó Reviewed by Notícias do Nordeste on sexta-feira, junho 08, 2018 Rating: 5

Sem comentários:

O Notícias do Nordeste informa que os comentários são sempre da exclusiva responsabilidade dos seus autores, mesmo quando feitos sob a forma de anonimato. Este é um espaço público e de partilha de ideias e opiniões. Identifique-se com o seu nome verdadeiro, mas não forneça os seus dados pessoais como telefone ou morada, e por favor não utilize linguagem imprópria para veicular a sua opinião. Obrigado!
Informa-se ainda que todos os comentários ofensivos feitos sobre a forma de anonimato serão removidos pelos gestores do site.

Formulário de Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

Com tecnologia do Blogger.