1

Temos em Arquivo

Falta de tato político

|Hélio Bernardo Lopes|
Já não custa perceber que está a crescer a falta de tato político por parte do Governo de António Costa, quase parecendo estar à procura de problemas que lhe dificultem a possibilidade de executar uma política que possa deixar marcas positivas nos portugueses e que fique na sua memória. Chega a dar a sensação de se estar a tentar perder a própria possibilidade de exercer o poder.

Esta realidade está já hoje bem presente na queda da imagem pública do PS de António Costa, como se pode concluir, com probabilidade elevada, dos resultados de sondagens recentes diversas. Uma situação que poderá vir a colocar o PS, no futuro, na tal posição com que Francisco Assis defendeu no mais recente congresso do PS: uma política bissetriz, ora para a Esquerda, ora para a Direita.

Acontece que uma tal política tem uma consequência há muito conhecida na área dos partidos ditos do socialismo democrático: a sua erosão, numa primeira fase; a quase extinção, numa segunda fase. Uma realidade muito conhecida e que, como há muito pressinto, será deveras desejada por boa parte dos que ainda se encontram inscritos como militantes do PS. A consequência da natural incapacidade de prever o futuro...

O caso do Serviço Nacional de Saúde, perante quanto se conhece e que hoje veio a público, é, quase com toda a certeza, o mais alarmante no domínio da comunidade portuguesa. Naturalmente, cada um de nós pretende manter a vida, de preferência com um grau de sofrimento tolerável, situação que a Medicina de hoje realmente permite. Simplesmente, percebe-se, a cada dia que passa, que tal objetivo já não é o da classe política que temos, mormente ao nível do PS, PSD e CDS. O resultado foi o por mim apontado há muito – início da anterior Maioria-Governo-Presidente: o lamentável, mas inevitável, triunfo da eutanásia.

Logo de seguida, a situação da Educação – já está a atingir o ambiente Superior...–, mormente o estado a que o Governo, agora já com o natural e expectável apoio da Direita, deixou chegar o caso da injustiça praticada para com os professores. Uma pecha historicamente ligada ao PS de que parece não conseguir libertar-se. Com extraordinário cinismo político, o PSD condena a garantia do PS aos professores, mas apoia agora a posição do Governo de António Costa!!!

Por fim, o setor da Segurança Social e do Trabalho, onde o PS de António Costa, tal como a UGT, acaba de ligar-se, também aqui, à Direita. Um fantástico pinote que nos permite hoje compreender, já sem sofismas ou dúvidas, o verdadeiro posicionamento político do PS de António Costa. De resto, um posicionamento que se constitui na marca fundacional do PS. Nomeadamente, desde que a democracia começou a dar os primeiros passos em Portugal, na sequência da Revolução de 25 de Abril.

Tudo isto, já hoje deveras conhecido da enormíssima maioria dos portugueses interessados pela vida pública, explica também o silêncio do Governo de António Costa, bem como da generalidade dos nossos detentores de soberania, em face das violações de Direitos Humanos que vêm tendo lugar no seio da União Europeia, mas por igual nos Estados Unidos de Donald Trump. Uma cabalíssima falta de tato político, mormente onde nunca se imaginou, como é o caso do Primeiro-Ministro António Costa.

Por fim, uma nota que é também uma pergunta: Deus nos salve da Direita de hoje – PSD e CDS –, porque o falhanço deste Governo deixaria de o ser, dado que todo o Estado Social iria desta para pior, ou não acredita nisto o leitor? Talvez o leitor se interrogue agora: mas há alternativa? Claro que há!

Falta de tato político Reviewed by Notícias do Nordeste on quarta-feira, junho 20, 2018 Rating: 5

Sem comentários:

O Notícias do Nordeste informa que os comentários são sempre da exclusiva responsabilidade dos seus autores, mesmo quando feitos sob a forma de anonimato. Este é um espaço público e de partilha de ideias e opiniões. Identifique-se com o seu nome verdadeiro, mas não forneça os seus dados pessoais como telefone ou morada, e por favor não utilize linguagem imprópria para veicular a sua opinião. Obrigado!
Informa-se ainda que todos os comentários ofensivos feitos sobre a forma de anonimato serão removidos pelos gestores do site.

Formulário de Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

Com tecnologia do Blogger.