1

Temos em Arquivo

Macedo de Cavaleiros reivindica prolongamento do IP 2 até Espanha

Os partidos com assento na Assembleia Municipal de Macedo de Cavaleiros aprovaram, por unanimidade, uma moção proposta pelo Partido Socialista, na qual exigem o prolongamento do Itinerário Principal 2 (IP2) até à vizinha Espanha. 

Macedo de Cavaleiros reivindica  prolongamento do IP 2 até Espanha
Para os membros da Assembleia Municipal é “crucial a progressão do IP2 através de Vinhais, pela aldeia de Mofreita, a Norte, até ao município de A Gudiña, ligando à A52 e à estação do AVE (Alta Velocidad Espãnola)".

PUBLICIDADE

Anuncie no Notícias do Nordeste! Contacte-nos!
Consulte a tabela de preços 

A moção, que deverá chegar ao Conselho de Infraestruturas de Portugal, aos grupos parlamentares e ao Governo, pretende vir a ser incluída na discussão do Programa Nacional da Política de Ordenamento do Território (PNPOT).

O Partido Socialista lembra que o concelho de Macedo de Cavaleiros está localizado num “território de baixa densidade e numa região economicamente frágil”, não fazendo sentido que a “fronteira a Nordeste de Trás-os-Montes fique com quatro acessos a Espanha e Europa e cerca de três quartos do território da fronteira da província fique sem qualquer ligação a Espanha”, defendem.

Para os deputados do grupo parlamentar do PS, que reforçam ainda esta reivindicação com a ampliação da Zona Industrial de Macedo de Cavaleiros para assim potenciar a criação de uma plataforma logística regional na confluência de grandes vias rodoviárias (IC5, A4,IP2), considera que a proposta agora apresentada defende a coesão territorial, a descentralização e em muito contribuiria para um abrandar de perda demográfica e para a fixação de população nos municípios do Nordeste Transmontano.

Macedo de Cavaleiros reivindica prolongamento do IP 2 até Espanha Reviewed by Notícias do Nordeste on sexta-feira, julho 06, 2018 Rating: 5

1 comentário:

  1. Fernando Mascarenhas A Rádio Onda Livre bloqueia-me a tal ponto, que nem a política de privacidade me deixa ler. Nunca me aconteceu, nos milhares de consultas e utilizações que faço, exigirem-me que anule processos de segurança no meu computador, para poder ver a informação de um órgão de comunicação. Não estarão enganados? É mesmo necessário exigirem a quem vos ouve, lê, ou vê, que baixe as guardas a esse ponto para deixar entrar a publicidade? Não haverá outra forma de passar a publicidade? Será que isto está alinhado com as regras da Entidade Reguladora para a Comunicação Social? Gostaria que me respondessem, para não ter que ser eu a pôr o problema à ERC.
    Gerir
    GostoMostrar mais reações
    · Responder · 1 dia(s)
    Fernando Mascarenhas
    Fernando Mascarenhas Apesar de a Rádio Onda Livre não me deixar ler a notícia, o que está visível é suficiente para me congratular com a vontade dos Partidos da Assembleia Municipal de Macedo de Cavaleiros. Amigos de Bragança, os Rapazotes, os Cavaleiros de Ferreira e outros que tais, já acabaram há muito. Os tempos são outros.Já é tempo de perceberem que não resolve, nem ajuda, terem os restantes concelhos do Nordeste contra a v/ prepotência, o v/egoísmo, o v/ serôdio "quero,posso e mando", que vos tem deixado isolados em situações que a todos prejudicam. Não acham que é ridículo pretenderem meter um IP dentro de uma Auto-estrada, só para que passe em Bragança? Há gente inteligente, com visão e ideias arejadas em Bragança. Porra, ainda estão assim tão em minoria?
    AGRADEÇO AO NOTÍCIAS DO NORDESTE QUE DEIXE LER, LIVREMENTE, OS SEUS ARTIGOS. ESTAREI MAIS ATENTO AO NOTÍCIAS DO NORDESTE E QUANDO PUDER, COLABORAREI.

    ResponderEliminar

O Notícias do Nordeste informa que os comentários são sempre da exclusiva responsabilidade dos seus autores, mesmo quando feitos sob a forma de anonimato. Este é um espaço público e de partilha de ideias e opiniões. Identifique-se com o seu nome verdadeiro, mas não forneça os seus dados pessoais como telefone ou morada, e por favor não utilize linguagem imprópria para veicular a sua opinião. Obrigado!
Informa-se ainda que todos os comentários ofensivos feitos sobre a forma de anonimato serão removidos pelos gestores do site.

Formulário de Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

Com tecnologia do Blogger.